Comandos Linux / Unix básicos com exemplos e sintaxe

O gerenciamento de arquivos se torna fácil se você souber o comando básico correto no Linux.

Às vezes, os comandos também são chamados de 'programas', pois sempre que você executa um comando, é o código do programa correspondente, escrito para o comando, que está sendo executado.

Vamos aprender os comandos básicos essenciais do Linux com exemplos: O que você aprenderá: [ exposição ]

  1. Arquivos de listagem (ls)
  2. Listando arquivos ocultos
  3. Criação e visualização de arquivos
  4. Excluindo Arquivos
  5. Movendo e renomeando arquivos
  6. Manipulações de diretório
  7. Removendo diretórios
  8. Renomeando o diretório
  9. O comando 'Man'
  10. O Comando da História
  11. O comando claro
  12. Colando comandos no terminal
  13. Impressão em Unix / Linux
  14. comando 'pr'
  15. Instalando software
  16. Linux Mail Command
  17. Lista de Comandos Linux

Clique aqui se o vídeo não estiver acessível



Arquivos de listagem (ls)

Se você deseja ver a lista de arquivos em seu sistema UNIX ou Linux, use o ' ls ' comando.

Mostra os arquivos / diretórios em seu diretório atual.

Observação:

  • Os diretórios são indicados em azul.
  • Os arquivos são indicados em branco.
  • Você encontrará esquemas de cores semelhantes em diferentes sabores de Linux.

Suponha que sua pasta 'Música' tenha os seguintes subdiretórios e arquivos.

Você pode usar 'ls -R' para mostra todos os arquivos não apenas em diretórios, mas também em subdiretórios

NOTA: Esses comandos básicos do Linux diferenciam maiúsculas de minúsculas. Se você entrar, ' ls - r 'você obterá um erro.

'ls -al' fornece informações detalhadas dos arquivos. O comando fornece informações em formato colunar. As colunas contêm as seguintes informações:

1stColuna Tipo de arquivo e permissões de acesso
2WLColuna # de HardLinks para o arquivo
3rdColuna Proprietário e criador do arquivo
4ºColuna Grupo do dono
5ºColuna Tamanho do arquivo em bytes
6ºColuna Data e hora
7ºColuna Nome do diretório ou arquivo

Vamos ver um exemplo -

Listando arquivos ocultos

Os itens ocultos no UNIX / Linux começam com - no início, do arquivo ou diretório.

Qualquer diretório / arquivo que comece com '.' não será visto a menos que você o solicite. Para visualizar arquivos ocultos, use o comando.

ls -a

Criação e visualização de arquivos

O comando de servidor 'cat' é usado para exibir arquivos de texto. Também pode ser usado para copiar, combinar e criar novos arquivos de texto. Vamos ver como isso funciona.

Para criar um novo arquivo, use o comando

  1. cat> nome do arquivo
  2. Adicionar conteúdo
  3. Pressione 'ctrl + d' para retornar ao prompt de comando.

Como criar e visualizar arquivos em Linux / Unix

Para visualizar um arquivo, use o comando -

cat filename

Vamos ver o arquivo que acabamos de criar -

Vamos ver outro arquivo sample2

A sintaxe para combinar 2 arquivos é -

cat arquivo1 arquivo2> novo nome do arquivo

Vamos combinar a amostra 1 e a amostra 2.

Assim que você insere este comando e pressiona Enter, os arquivos são concatenados, mas você não vê um resultado. Isto é porque Bash Shell (Terminal) é do tipo silencioso . Os comandos shell nunca fornecerão uma mensagem de confirmação como 'OK' ou 'Comando executado com sucesso'. Ele só mostrará uma mensagem quando algo der errado ou quando ocorrer um erro.

Para ver o novo arquivo combo 'amostra', use o comando

amostra de gato

Observação: Apenas arquivos de texto podem ser exibidos e combinados usando este comando.

Excluindo Arquivos

O comando 'rm' remove arquivos do sistema sem confirmação.

Para remover um arquivo, use a sintaxe -

rm filename

Como deletar arquivos usando comandos Linux / Unix



Movendo e renomeando arquivos

Para mover um arquivo, use o comando.

mv nome do arquivo new_file_location

Suponha que queremos mover o arquivo 'sample2' para location / home / on2vhf / Documents. Executando o comando

mv sample2 / home / on2vhf / Documentos

O comando mv precisa de permissão de superusuário. Atualmente, estamos executando o comando como um usuário padrão. Portanto, obtemos o erro acima. Para superar o erro, use o comando.

sudo command_you_want_to_execute

O programa Sudo permite que usuários regulares executem programas com os privilégios de segurança do superusuário ou root.

O comando Sudo solicitará autenticação de senha. Porém, você não precisa saber a senha do root. Você pode fornecer sua própria senha. Após a autenticação, o sistema invocará o comando solicitado.

Sudo mantém um registro de cada execução de comando. Os administradores do sistema podem rastrear a pessoa responsável por alterações indesejáveis ​​no sistema.

on2vhf@VirtualBox:~$ sudo mv sample2 /home/quru99/Documents [sudo] password for on2vhf: **** on2vhf@VirtualBox:~$ 

Para renomear o arquivo:

mv nome do arquivo newfilename

NOTA : Por padrão, a senha que você digitou para sudo é mantida por 15 minutos por terminal. Isso elimina a necessidade de digitar a senha repetidamente.

Você só precisa de privilégios de root / sudo, apenas se o comando envolver arquivos ou diretórios que não pertencem ao usuário ou grupo que executa os comandos

Manipulações de diretório

Manipulação de diretório em Linux / Unix

Chega de manipulações de arquivos! Vamos aprender alguns comandos Linux de manipulação de diretório com exemplos e sintaxe.

Criação de diretórios

Os diretórios podem ser criados em um sistema operacional Linux usando o seguinte comando

mkdir directoryname

Este comando criará um subdiretório em seu diretório de trabalho atual, que geralmente é seu 'Diretório Pessoal'.

Por exemplo,

mkdir meu diretório

Se você deseja criar um diretório em um local diferente do 'Diretório inicial', você pode usar o seguinte comando -

mkdir

Por exemplo:

mkdir / tmp / MUSIC

irá criar um diretório 'Música' no diretório '/ tmp'

Você também pode criar mais de um diretório por vez.

Removendo diretórios

Para remover um diretório, use o comando -

rmdir directoryname

Exemplo

rmdir meu diretório

irá deletar o diretório meudiretório

Gorjeta : Certifique-se de que não haja nenhum arquivo / subdiretório no diretório que você deseja excluir. Exclua os arquivos / subdiretório antes de excluir o diretório pai.

Renomeando o diretório

O comando 'mv' (mover) (abordado anteriormente) também pode ser usado para renomear diretórios. Use o formato fornecido abaixo:

mv directoryname newdirectoryname

Vamos tentar:

Como renomear um diretório usando comandos Linux / Unix

Outros comandos importantes

O comando 'Man'

Man significa manual, que é um livro de referência de um Sistema operacional Linux . É semelhante ao arquivo HELP encontrado em softwares populares.

Para obter ajuda sobre qualquer comando que você não entende, você pode digitar

cara

O terminal abriria a página de manual desse comando.

Por exemplo, se digitarmos homem homem e pressione Enter; o terminal nos daria informações sobre o comando do homem

O Comando da História

O comando History mostra todos os comandos básicos do Linux que você usou no passado para a sessão de terminal atual. Isso pode ajudá-lo a consultar os comandos antigos inseridos e reutilizá-los em suas operações novamente.

O comando claro

Este comando limpa toda a desordem no terminal e oferece uma janela limpa para trabalhar, assim como quando você inicia o terminal.

Colando comandos no terminal

Muitas vezes você teria que digitar longos comandos no Terminal. Bem, às vezes pode ser irritante, e se você quiser evitar tal situação, copie e cole os comandos que podem ajudar.

Para copiar, o texto de uma fonte, você usaria Ctrl + C, mas para colar no Terminal, você precisa usar Ctrl + Shift + p . Você também pode tentar Shift + Inserir ou selecione Editar> Colar no menu

NOTA: Com as atualizações do Linux, esses atalhos estão sempre mudando. Você pode definir seus atalhos preferidos em Terminal> Editar> Atalhos de teclado.

Impressão em Unix / Linux

Como imprimir um arquivo usando comandos Linux / Unix

Vamos experimentar alguns comandos básicos do Linux com exemplos que pode imprimir arquivos em um formato que você deseja. Além do mais, seu arquivo original não é afetado pela formatação que você faz. Vamos aprender mais sobre esses comandos e seu uso.

Clique aqui se o vídeo não estiver acessível

comando 'pr'

Este comando ajuda na formatação do arquivo para impressão no terminal. Existem muitos comandos de terminal Linux disponíveis com este comando que ajudam a fazer as alterações de formato desejadas no arquivo. O mais usado ' pr ' Comandos Unix com exemplos estão listados abaixo.

Opção Função
-x Divide os dados em colunas 'x'
-h 'cabeçalho' Atribui o valor de 'cabeçalho' como o cabeçalho do relatório
-t Não imprime o cabeçalho e as margens superior / inferior
-d Espaço duplo no arquivo de saída
-n Denota todas as linhas com números
-l comprimento da página Define as linhas (comprimento da página) em uma página. O padrão é 56
-o margem Formata a página pelo número da margem

Vamos experimentar algumas das opções e estudar seus efeitos.

Dividindo dados em colunas

' Ferramentas' é um arquivo (mostrado abaixo).

Queremos que seu conteúdo seja organizado em três colunas. A sintaxe para o mesmo seria:

pr -x nome do arquivo

A opção '-x' com o comando 'pr' divide os dados em x colunas.

Atribuindo um cabeçalho

A sintaxe é:

pr -h Nome do arquivo 'Cabeçalho'

As opções '-h' atribuem o valor de 'cabeçalho' como o cabeçalho do relatório.

Conforme mostrado acima, organizamos o arquivo em 3 colunas e atribuímos um cabeçalho

Denotando todas as linhas com números

A sintaxe é:

pr -n nome do arquivo

Este comando denota todas as linhas no arquivo com números.

Estas são algumas das opções de comando 'pr' que você pode usar para modificar o formato do arquivo.

Imprimindo um arquivo

Uma vez que você é feito com a formatação, e é hora de você obter um cópia impressa do arquivo, você precisa usar o seguinte comando:

Nome do arquivo lp

ou

Nome do arquivo lpr

Caso queira imprimir várias cópias do arquivo, você pode usar o modificador de número.

No caso de você ter várias impressoras configuradas, você pode especificar uma impressora particular usando o modificador de impressora

Instalando software

No Windows, a instalação de um programa é feita executando o arquivo setup.exe. O pacote de instalação contém o programa, bem como vários componentes dependentes necessários para executar o programa corretamente.

Usando comandos básicos do Linux / Unix, os arquivos de instalação no Linux são distribuídos como pacotes. Mas o pacote contém apenas o próprio programa. Quaisquer componentes dependentes terão que ser instalados separadamente, os quais geralmente estão disponíveis como pacotes.

Você pode usar o apto comandos para instalar ou remover um pacote. Vamos atualizar todos os pacotes instalados em nosso sistema usando o comando -

sudo apt-get update

A maneira mais fácil e popular de instalar programas no Ubuntu é usando o Centro de software, já que a maioria dos pacotes de software estão disponíveis nele e é muito mais seguro do que os arquivos baixados da internet.

Linux Mail Command

Para enviar e-mails através de um terminal, você precisará instalar os pacotes 'mailutils'.

A sintaxe do comando é -

sudo apt-get install packagename

Uma vez feito isso, você pode usar a seguinte sintaxe para enviar um e-mail.

mail -s 'assunto' -c 'endereço-cc' -b 'endereço-cco' 'endereço para'

Isso será parecido com:

Pressione Cntrl + D para terminar de escrever o e-mail. O correio será enviado para o endereço mencionado.

Resumo

  • Você pode formatar e imprimir um arquivo diretamente do terminal. A formatação que você faz nos arquivos não afeta o conteúdo do arquivo
  • No Unix / Linux, o software é instalado na forma de pacotes. Um pacote contém o próprio programa. Qualquer componente dependente precisa ser baixado separadamente.
  • Você também pode enviar e-mails do terminal usando o 'correspondência' comandos de rede. É um comando Linux muito útil.

Lista de Comandos Linux

Abaixo está uma folha de referências dos comandos básicos do Linux / Unix com exemplos que aprendemos neste tutorial de comandos do Linux

Comando Descrição
ls Lista todos os arquivos e diretórios no diretório de trabalho atual
ls - R Lista arquivos em subdiretórios também
ls - a Lista arquivos ocultos também
ls - al Lista arquivos e diretórios com informações detalhadas como permissões, tamanho, proprietário, etc.
cat> nome do arquivo Cria um novo arquivo
nome do arquivo gato Exibe o conteúdo do arquivo
cat arquivo1 arquivo2> arquivo3 Une dois arquivos (arquivo1, arquivo2) e armazena a saída em um novo arquivo (arquivo3)
arquivo mv 'novo caminho de arquivo' Move os arquivos para o novo local
mv nome do arquivo new_file_name Renomeia o arquivo com um novo nome
sudo Permite que usuários regulares executem programas com os privilégios de segurança do superusuário ou root
nome do arquivo rm Exclui um arquivo
cara Dá informações de ajuda sobre um comando
história Dá uma lista de todos os comandos anteriores básicos do Linux digitados na sessão de terminal atual
Claro Limpa o terminal
mkdir directoryname Cria um novo diretório no diretório de trabalho atual ou um no caminho especificado
rmdir Exclui um diretório
mv Renomeia um diretório
pr -x Divide o arquivo em x colunas
pr -h Atribui um cabeçalho ao arquivo
pr-n Denota o arquivo com números de linha
lp -nc
lpr c
Imprime cópias 'c' do arquivo
lp -d lpr -P Especifica o nome da impressora
apt-get Comando usado para instalar e atualizar pacotes
mail -s 'assunto' -c 'endereço-cc' -b 'endereço-cco' 'endereço para' Comando para enviar e-mail
mail -s 'Assunto' para endereço Comando para enviar e-mail com anexo

Baixe o PDF do tutorial do Linux