Como usar IntelliJ IDE e Selenium Webdriver

Intellij é um IDE que ajuda você a escrever código melhor e mais rápido. Intellij pode ser usado na opção de Java bean e Eclipse.

Neste tutorial, você aprenderá-

O que é IntelliJ?

IntelliJ IDEA é um Java Integrated Development Environment (IDE). É usado para desenvolvimento de software. É desenvolvido pela JetBrains. Ele vem com a 'edição da comunidade' licenciada pelo apache2, bem como com a 'edição comercial proprietária'. São os melhores IDEs Java disponíveis. Ele fornece recursos como navegação de código avançada e recursos de refatoração de código.

A vantagem de usar o intelliJ é que

  • Ele gera rapidamente métodos getter e setter para atributos de objeto.
  • Com pressionamentos de tecla simples, você pode envolver uma instrução em um bloco try-catch ou if-else.
  • O IDE oferece ferramentas de empacotamento embutidas como gradle, SBT, grunt, bower, etc.
  • Bancos de dados como SQL, ORACLE, PostgreSQL, Microsoft SQL Server podem ser acessados ​​diretamente do IDE.
  • Suporta diferentes linguagens como Java, Javascript, Clojure, etc.
  • É compatível com diferentes sistemas operacionais como Windows, Linux, etc. Ele pode ser baixado do site oficial da JetBrains.

Pré-requisitos para IntelliJ com Selenium Webdriver

Para isso, precisamos ter alguns pré-requisitos que são os seguintes.

  • IntelliJ
  • Qualquer navegador da Web (de preferência Mozilla Firefox)
  • JDK (kit de desenvolvimento Java)
  • Arquivos Selenium .jar

Os arquivos jar necessários podem ser baixados de Selenium.org site oficial. Após o download, o arquivo extrai os arquivos .jar para o diretório desejado.

Como baixar e instalar o IntelliJ

Passo 1) Baixar IntelliJ visite o site da jetbrains. Aqui nós selecionamos a versão 'Comunidade'. Você pode selecionar a versão 'final' para desenvolvimento móvel, web e empresarial.

Passo 2) Ao iniciar o download, você verá uma mensagem como esta.

Etapa 3) Na próxima etapa, uma janela pop-up será aberta. Clique no botão 'executar'.

Passo 4) Nesta etapa, clique no botão 'Avançar' no assistente de configuração.

Etapa 5) Outra janela pop-up será aberta. Navegue na sua pasta de destino e clique no botão 'Avançar'.

Etapa 6) Nesta etapa,

  1. Marque a caixa de seleção - iniciador de 32 bits
  2. Marque a caixa de seleção do idioma de acordo com seus requisitos
  3. Clique no botão 'próximo'

Etapa 7) Na próxima etapa, clique no botão 'Instalar'.

Você pode ver que o processo de instalação do IntelliJ está em andamento.

Etapa 8) Nesta etapa,

  1. Para executar o IntelliJ, marque a caixa de seleção e
  2. Clique no botão 'Concluir'

Etapa 9) Se você já possui uma versão anterior do IntelliJ instalada em seu sistema. Você pode importar a configuração da versão mais antiga para a versão mais recente. Uma vez que não temos nenhuma versão anterior instalada. Vamos selecionar a segunda opção.

Etapa 10) Ao clicar no botão 'ok' na etapa anterior, será solicitada a concordância da política de privacidade da Jetbrain. Clique no botão 'Aceitar'.

Etapa 11) Nesta etapa, você pode definir a configuração do plugin.

Etapa 12) Na próxima etapa, selecione a opção de acordo com o requisito. Você verá opções como criar um novo projeto, importar projeto, abrir, etc.

Etapa 13) Nesta etapa,

  1. Selecione o 'Projeto' e o 'arquivo' da biblioteca e
  2. Clique no botão 'OK'

Etapa 14) Nesta etapa, o arquivo que selecionamos na etapa anterior aparece no diretório do projeto.

Configure o IntelliJ para dar suporte ao Selenium

Para oferecer suporte ao Selenium, você precisa configurar o IntelliJ. Para isso siga os seguintes passos.

Passo 1) Inicie seu IDE IntelliJ e faça um novo projeto. Selecione o arquivo -> Novo -> Projeto

Passo 2) Na etapa anterior, quando você clica -> Próximo. Uma nova tela será aberta. Nesta tela, dê o nome do projeto. Em nosso caso, demos o nome Selenium_Guru99. Então clique -> Terminar. Seu projeto foi criado no IntelliJ.

Etapa 3) Agora você precisa adicionar os arquivos .jar do Selenium no intelliJ como bibliotecas externas.

Para este clique vá para o arquivo -> Estrutura do Projeto -> em uma guia de configuração de projeto, procure por Módulos -> Dependências -> Clique no sinal '+' -> Selecione para JARs ou diretórios.

Passo 4) Selecione todos os arquivos selenium .jar do diretório e subdiretório / lib, onde você extraiu após o download.

Agora, você adicionou com êxito os arquivos .jar ao intelliJ. Se você ver a estrutura do seu projeto, notará que o diretório / src do seu projeto está vazio.

Etapa 5) Clique com o botão direito no diretório / src -> Novo -> Classe Java. A estrutura do seu projeto será semelhante à mostrada abaixo.

Exemplo

Vamos usar o site https://demo.on2vhf.be/ .

Neste cenário de teste

  • Vamos lançar o URL
  • Insira o ID de e-mail inválido
  • Clique no botão 'Enviar'
  • A saída será como mostrado abaixo- 'ID de e-mail não é válido'

No resultado acima, você pode ver que

  • Quando executamos o código, a instância do Firefox é aberta.
  • No nível do código, fornecemos um e-mail para webelement. Que é um campo de entrada (abc.gmail.com).
  • Quando o Selenium Webdriver clica no botão 'enviar', a id do e-mail é verificada pelo site on2vhf.
  • Como dissemos, o e-mail não registrado mostraria a mensagem 'O ID do e-mail não é válido.'

A seguir está o código java para test1.

 import org.openqa.selenium.By; import org.openqa.selenium.WebElement; import org.openqa.selenium.firefox.FirefoxDriver; public class TestSelenium { public static void main(String[] args){ FirefoxDriver driver=new FirefoxDriver(); driver.get('https://demo.on2vhf.be/'); WebElement element=driver.findElement(By.xpath('//input[@name='emailid']')); element.sendKeys('This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.'); WebElement button=driver.findElement(By.xpath('//input[@name='btnLogin']')); button.click(); } } 

Resumo

  • IntelliJ IDEA é um Java Integrated Development Environment (IDE).
  • Ele possui recursos de navegação de código avançada e recursos de refatoração de código.
  • A vantagem de usar o intelliJ é
    • Gere métodos getter e setter rapidamente
    • Com toques de tecla simples, você pode envolver uma instrução em um bloco try-catch ou if-else
    • Suporta diferentes linguagens como Java, JavaScript, Clojure, etc.
    • Ele suporta diferentes O.S como Windows, Linux, etc.
  • Ele vem com plug-ins embutidos e ferramentas de empacotamento
  • Para usar com Selenium, você precisa configurar o IntelliJ

Este artigo foi contribuído por Fahid M e editado por Jeegar M.